quinta-feira, 27 de abril de 2017

Vem... sem pudor...

Foto by Shade
Meu anjo... quero-te mais que nunca. Não te escondas. Vem para meus braços e deixarão de existir fronteiras!
Vamos ser mais que demónios... vamos ser uma mulher e um homem procurando o êxtase... o delírio... a loucura!
Vem para os meus braços... quero nossos corpos nus desvendando o que ainda há para desvendar!
Vem... sem pudor... porque nos espera o infinito!

A.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

...nos braços do desejo!

Foto by Gabriele Rigon
Fecho os olhos e vejo-te... sorrio à minha vontade toda ela ocupada pelos nossos corpos que se espreguiçam nos braços do desejo!

A.

É assim que te quero...

Foto by james houston


É assim que te quero… inteiro e nu, até que nossos corpos desfaleçam e se deliciem com a doce seiva que escorre ainda quente sobre a nossa pele…

A.

terça-feira, 25 de abril de 2017

Contigo...

Desconheço a autoria da fotografia
Não quero ter modos quando estiver contigo!
Vermo-nos nus. Cansados ou não. Não quero saber, não quero ter modos para te sentir. Quero beijar-te, sentir o teu aroma... inigualável. Passar as mãos no teu corpo, sentir o teu respirar no meu. Aqui, neste chão, neste sofá, nesta cama, nestas paredes vamos ser anjos e demónios, feras e presas, água e fogo. Quero confessar-me no meio das tuas pernas, quero-te cavalgar como uma amazona. Quero que me puxes o cabelo, que me mordas. Quero sentir a tua boca em mim. Vamos fazer parar o tempo porque nada nos fará parar.
Vamos incendiar nossos os corpos, congelar os nossos medos, porque vou possuir-te de tal forma que os nossos orgasmos serão explosões de prazer. 
Quero que me apertes como se o mundo terminasse hoje, quero que me faças vir na tua boca e tu te venhas na minha, que me renda ao momento, que olhes para mim enquanto o fazes, que te venhas abundantemente já que sou gulosa.
Deixarei marcas no teu corpo, marcas deste canibalismo insano, desta sede de carne que nos fascina. Mordidas e arranhões. Ficarás dorido sim, mas satisfeito e saciado.
E eu… deitar-me-ei ao teu lado… olhando teu corpo suado e exausto, fazendo tempo para repetirmos… tudo...

A.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Vontade

Foto by Andreas Heumann
Num sorriso cúmplice, preenchido de luxúria e tesão, contemplamo-nos. Os olhos, calados pelos lábios que se querem tocar, sussurram um ao outro, palavras de Vontade que nos fecham as pálpebras para melhor as sentirmos.

A.

domingo, 23 de abril de 2017

Desejo

Desconheço a autoria da fotografia
Completamente perdidos na essência um do outro, envolvemo-nos intensamente numa conquista mútua de sensações únicas, que nos fazem estremecer e disparar o pulsar alucinado do nosso desejo.

A.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Perdição...

Foto by francois benveniste
Pousa os teus olhos nos meus, deixa que a paixão desabe sobre os nossos lábios e abandona os gestos ao sabor do desejo… à procura do prazer!... Fecha nos olhos o desejo que assoma na minha boca.
Com os nossos corpos abraçados na mais bela nudez, as bocas ávidas perdem-se na ânsia das línguas molhadas e inquietas, as mãos enlouquecidas e trementes, guiam os movimentos dos corpos sedentos, que deslizam e tacteiam, na ânsia de se terem, muito para além dos sentidos.
Sê a minha Perdição...

A.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Homem Poema

Foto by Jan Saudek

Diria que és um homem poema. E quando um homem exala poesia, deixa ao mesmo tempo sair dos lábios um grito libertador em cada verso, porque a liberdade é a mais sublime forma de amor!... 

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Mentiria...

Foto by Eugeny Kozhevnikov
Mentiria se te dissesse que não esperava inquieta e ansiosa pelas tuas palavras. Pensava em ti como deliciosas fantasias no despertar de um sonho. Mas tu vieste... para que eu te sonhe e renasça em cada despertar.

A.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Fico...

Foto by Eugeny Kozhevnikov
Fico...
Fico a pensar como isso é possível, olhar, pensar, sentir, sem estares perto de mim... Mas tu estás!... no meu coração.
Sinto as tuas mãos tocarem as minhas em doces caricias… tudo é tão irresistível!...
Dás-me um abraço imenso e doce que nos envolve na volúpia de um sonho há tanto desejado!
Fico aqui neste mundo onde te posso ter.

A.

Mata-me de Prazer...

Foto  Shannon Roxanne By Aaron Feaver
Estamos nus e os nossos corpos roçam-se em delírio procurando o prazer... as carícias tornam-se mais intensas e ousadas. Não existem barreiras ou pudores... apenas queremos o delírio mais insano, a loucura, o prazer mais devasso! Os nossos corpos convulsos não aguentam mais... as nossas bocas unem-se num beijo louco e interminável, enquanto a minha voz sussurra-te... Mata-me de Prazer... e nesse instante salto para cima do teu corpo... e de uma forma firme e decidida entras em mim...
...e assim começo numa louca cavalgada... com teus olhos fixos nos meus... rostos desfigurados pelo prazer... palavras sussurradas... indecentes..., mas tão doces!... os nossos gemidos em uníssono são uma melodia de anjos enlouquecidos... esperando a convulsão dos nossos corpos. Entre carícias e beijos... entre mordidas e lambidelas... tudo é local de prazer...tudo é caminho para o orgasmo!
Nossos corpos em sintonia sabem que está próximo o momento divino... e cada vez mais loucos se entregam sem limites... gemendo...gritando... até que em êxtase nos vimos entre espasmos de prazer e loucura, deixando nossos fluidos escorrerem sobre a pele como ardentes carícias...
Com os corpos ofegantes... mas ainda cheios de prazer... deixei a minha cabeça repousar sobre o teu peito... enquanto as tuas mãos me afagavam carinhosamente o sexo...Sim... porque ainda estamos no começo da noite e muitas loucuras e prazeres nos esperam...

A.

Profanos desejos...

Foto by Ralf Tophoven
Os meus profanos desejos sucumbem às delícias dos teus lábios e ao poder que possuis de me fazer voar...

A.